tradições culturais vivas

tradições culturais vivas
Vale do Café, um santuário cultural e natural do Brasil!

Meu Senhor minha Senhora, dá licença d’eu passar, meu tambor vem lá da roça preu poder nos alegrar. Folia, Jongo, Calango, Maculelê, Rezadeira, Caninha Verde, Capoeira, nós vamos apresentar.”   Jongo cantado no Cortejo de Tradições  (Cristina Braga e Ricardo Medeiros)
ouça os Jongos de Pinheiral e Arrozal 

Dança, canto e tambor são manifestações artísticas desde tempos imemoriais. Encontre no Vale do Café, cultura brasileira viva, com seus legados imateriais indígenas, europeus e africanos.

Folia de Reis:  grupos itinerantes que cantam e dançam versos sobre a visita dos reis ao Deus menino. Visitam casa por casa, reconhecendo o Divino em cada lugar. São recebidos com café, cachaça, doces e salgados.  Acompanham-se de sanfonas, percussão, violão e por vezes cavaquinho. Em toda a região entre Natal 25.12 e dia de Reis 06.01

Jongo, Caxambu ou Corimá: dança de roda de conhecimento ancestral vinda da África, patrimônio imaterial cultural pelo IPHAN. É acompanhada de canto e dois tambores: tambu e candongueiro. Duas pessoas dançam no centro de uma roda, alternando-se até que todos tenham dançado. Os bailarinos giram no movimento contrário ao do relógio, seguindo o percurso das constelações. Os tambores percutem células rítmicas simbólicas, muitas vezes em código.  No Vale os temas falam do cotidiano e da natureza da região. As canções terminam sempre com a palavra: “Machado!” 

Calango: Desafio que acontece geralmente em duplas ou em grupos. Um dos participantes propõe o início de uma cantoria em versos, que um desafiado escolhido deve responder. Espécie de “repente” da região. 

Maculelê: arte marcial e dança de roda rítmica, com dupla ao centro, percutindo bastões ou facões.  De matriz sincrética indígena e africana. 

Rezadeiras: senhoras, (ou senhores, mais raramente), que conhecem a arte da reza. De sincretismo religioso entre os povos indígenas, africanos e a religião católica, a tradição da reza é muito forte no Vale. Rezadeiras e rezadores curam com oração e ervas. Sacodem seus raminhos de arruda com água, e abençoam. Sabem palavras mágicas e assim, espinhela caída, dores no corpo, doenças, vão uma a uma sendo vencidas. Rezam também animais mordidos por cobras, insetos, sendo grandes responsáveis por libertar  lavouras de pragas como lagartas e gafanhotos, livrar bois de bernes e muito mais. 

Caninha Verde: Dança de pares de origem portuguesa com adaptação brasileira. Em roda, sanfoneiros e violeiros acompanham o canto que percute bastões entre as duplas, e no chão. 

Capoeira: arte marcial e dança afro brasileirapatrimônio cultural imaterial pela Unesco. Os participantes ficam em roda, acompanham-se de canto, berimbau e palmas. Em alguns casos atabaques e tambores. 

Festas Juninas: festividade de raiz portuguesa, com múltiplas influências no Brasil. No Vale do Café é ligado ao fim do ano natural, ao final da colheita, e celebra o início da estação fria e escura. O fogo das fogueiras indica a luz que há no coração dos homens, quando a luz natural escurece. Danças de quadrilhas, comidas típicas, e brincadeiras para as crianças fazem desta a mais popular festa do campo brasileiro.  

Comitivas: grupos de cavaleiros que se reúnem para grandes trajetos, com o intuito de receber a bênção em algum lugar, festejar algum santo ou simplesmente se divertir com festa e dança nas chegadas. 

Contadores de Causos: senhores ou senhoras que contam histórias de tradição oral, ou pessoais, misteriosas, divertidas, fantásticas ou engraçadas, ao cair da tarde e à noite. Em geral em torno de uma fogueira, em roda. 

Para contratar:

Jongo:

Jongo de Pinheiral – Pinheiral

Contato: (24) 99221-7212 Fatinha

Maculelê e Capoeira:

Maculelê de Vassouras 

Contato: (24) 99259-9958 Mestre Sombrão

Folias de Reis

Jornada a Guia dos Santos Reis – Vassouras 

Contato:  (24) 99221-6157 Puppy 

Bandeira dos Santos Reis F. Teixeira – Vassouras

Contato: (24)  99863-2618 Natinho 

Jardim do Edem – Vassouras 

Contato:   (24) 99291-5010 Dona Rita

Descendente de Davi – Vassouras 

Contato: (24) 99221-8043  Lele 

Estrela de Jacó – Vassouras 

Contato: (24) 99264-4201 Cabecinha  

Boas Novas de Belém – Vassouras

Contato: (24)  99209-9025 Mailin 

Glória de Jerusalém – Vassouras 

Contato:  (24) 99270-5379 Wagner

Família do Oriente – Vassouras 

Contato: (24) 99263-4960 Claudio 

Jornada Divina Luz de Jerusalém – Vassouras

Contato:  24 – 99283-6929 Léo Gasolina

Bandeira Estrela da Guia – Vassouras

Contato: (24) 99281-5403 Antônio Venâncio 

Divino Espírito Santo – Vassouras

Contato: (24) 99241-8848 Marcão 

Bandeira Estrela do Oriente – Vassouras

Contato: (24) 99237-9891 João Sardinha 

Jornada Lua Nova – Valença

Contato: (24) 99318-9372 Marquinho 

Estrela Luminosa – Barra do Piraí

Contato: Juca

Jornada Sagrada Irmandade de Reis – Barra do Piraí

Contato: (24) 99860-0912 Pedro 

Guaribu – Paty do Alferes

Contato: (24) 99395-6194 Everaldo

Jornada Estrela Guia  – Paty do Alferes

Contato: (24) 98146-1169 Claudinei

Folia de Reis – Paty do Alferes

Contato: (24) 98117-0930 Luciano