Museu Francisco Alves

Museu Francisco Alves

Museu dedicado ao “Rei da Voz” que passou grande parte de sua vida em Miguel Pereira,

com exposição de seu acervo fonográfico, iconografia, partituras e mais. É dele a primeira gravação do samba Aquarela do Brasil do parceiro Ary Barroso.  Graças a ele compositores como Cartola, Heitor dos Prazeres ou Ismael Silva foram consagrados, o mesmo ocorrendo com várias canções que interpretou, como “Ai! que saudade da Amélia”. Quando de sua morte, representava o que o cantor Maurice Chevalier era para a França: um “caso raro” — como então registrou o Jornal do Brasil.

ver mais