Mendes

Cidade Literária.
Poesia, Calango, Choro, Encontro, Cooperação.
“Encravada em montanhas enormes, qual brilhante em coroa real, Mendes, Mendes, desperta se dormes, pois és dona de ti afinal.” (Hino de Mendes)